FATESA: CURSO SUPERIOR DE TECNOLOGIA EM ESTÉTICA E PÓS GRADUAÇÃO

Blog

  1. Home
  2. Blog

Blog

DEPILAÇÃO X EPILAÇÃO: Qual a diferença?

07/03/2018

0 comentário

Os pelos são os anexos da pele assim como as unhas e as glândulas. Tem funções importantes no nosso corpo, como de proteção mecânica e térmica, porém esteticamente não são desejados.

Desde a Grécia Antiga os pelos eram retirados com um instrumento chamado estrigil, parecido com uma lâmina curva, com a finalidade de mostrar o corpo esculpido por exercícios, sinônimo de beleza e orgulho. Vários outros métodos foram desenvolvidos em diferentes países e evoluindo desde então e o termo comumente usado para extração dos pelos sempre foi depilação.

Os conceitos de depilação e epilação se confundem e representam a mesma atividade: a retirada dos indesejáveis pelos, porém o que cada uma das palavras representa são recursos diferentes.

A palavra depilação é utilizada em todos os centros de beleza e tratamentos estéticos, habitual e popularmente usada por profissionais da estética e clientes, contudo sem o conhecimento real do conceito.

Depilação abrange todos os recursos de retirada de pelo rente à pele, ou seja, somente na camada epidérmica, sem a retirada da raiz. Portanto a cera, a pinça, linha, aparelhos elétricos, laser, luz intensa pulsada e eletrólise não fazem parte desse conceito. A palavra depilação inclui as lâminas, aparadores de pelo e cremes depilatórios.

O termo correto seria Epilação que diz respeito à retirada dos pelos desde sua raiz do bulbo piloso tornando assim o método de remoção dos pelos de efeito prolongado, com resultados mais duradouros.

Os pelos têm fases de crescimento: a fase anágena - fase de crescimento e o pelo novo ainda não tem comprimento suficiente para retirada com a cera, porém é a fase ideal para quem quer fazer a epilação à laser ou luz intensa pulsada. A fase catágena - também chamada de fase de repouso, o pelo já terminou seu ciclo de crescimento e esse é o momento de usar os recursos epilatórios que necessitam que o pelo atinja certo comprimento como a cera. Na fase telógena o pelo se desprendeu da base do folículo e um novo pelo está em crescimento empurrando o pelo já solto e enfraquecido. Nessa fase a epilação é menos dolorosa, porém menos duradoura.

Mas todos os pelos encontram-se na mesma fase? Não. Temos pelos em fases diferentes em várias regiões do corpo e até na mesma área. Entendemos então que não é possível fazer a retirada de todos os pelos de uma única vez caso opte por epilação a laser ou luz intensa pulsada.

É de suma importância à escolha do método e também do conceito correto de acordo com seu objetivo!

Por : Marcela Maria de Castro Bianchi


Confira os cursos de Extensão em Estética, temos inclusive cursos das técnicas abordadas neste artigo. Acesse:

CURSOS DE EXTENSAO EM ESTÉTICA (CLIQUE AQUI).

REFERÊNCIAS

PEREIRA, S.; MACHADO, S.; SELORES, M. Remoção de pelo na adolescência. Rev Ped Porto: v. XXIV, n2, p:71-74, 2015.

GIRALDO, Paulo César et al . Hábitos e costumes de mulheres universitárias quanto ao uso de roupas íntimas, adornos genitais, depilação e práticas sexuais. Rev. Bras. Ginecol. Obstet. v. 35, n. 9, p. 401-406,  2013.

SANGIORGI, Maria Luiza Prudente de Oliveira et al . The Preference of Women and Men Regarding Female Genital Depilation. Rev. Bras. Ginecol. Obstet.  v. 39, n. 9, p. 488-495,  2017.

Envie seu comentário

    Comentários

    Nenhum comentário.

    Nossos cursos são registrados e/ou qualificados pelas associações: